Isaque e Rebeca

A história de Isaque e Rebeca.

Sara, mãe de Isaque, viveu até ficar bem velhinha. Viu Isaque crescer e se tornar um homem.
Abraão, que também já estava bem velho, decidiu que era hora de Isaque ter uma esposa. Então, Abraão ordenou a seu servo que fosse procurar uma esposa para seu filho. Essa mulher teria de ser especial, bonita. Pediu a seu servo que não procurasse mulheres em Canaã. Ele não queria que seu filho Isaque casasse com uma mulher daquele povo.
A idéia de Abraão era conseguir uma nora em sua terra natal, uma mulher que amasse e adorasse o Deus de Abraão e Isaque. Foi com essas condições que o servo foi enviado para que encontrasse uma jovem esposa e a trouxesse a lsaque.
“E se, por acaso, a mulher não estiver disposta a fazer uma viagem tão longa, nem vir morar nesta terra estranha, que farei? Devo levar saque até ela?”
Abrãao respondeu: “Não, de modo alguml”
Abraão sabia em seu íntimo que o plano de Deus era para que saque ficasse em Canaã e que dele uma grande nação surgisse.
“Bem, meu servo, se a moça não quiser vir com você, então você está livre da obrigação que eu lhe dei.”, disse, decidido, Abrãao ao seu servo.
O servo pegou dez camelos do seu patrão, colocou aNmentos e presentes e partiu imediatamente para a cidade de Naor.
Os pais sempre querem o melhor para seus filhos. Deus também
O servo foi em direção à terra natal de Abraão e colocou os camelos para descansar fora da cidade, perto de um poço. Por ali estavam algumas moças tirando água.
O fiel servo, naquele local, orou: “O Senhor Deus de meu patrão Abraão, ajude-me a encontrar a esposa certa.”
Logo viu que muitas moças davam de beber aos viajantes num gesto de bondade.
Pensou: Aquela entre estas moças que vier e oferecer água para eu beber e para os camelos, com certeza, é a esposa escolhida por Deus para Isaque.”
Logo em seguida, uma gentil senhodta foi ao seu encontro, e sem demora o servo perguntou a ela: Você poderia me dar um pouco de água?”
A moça prontamente lhe deu uma jarra de água bem fresquinha.
“Scrã que seus camelos precisam de água, senhor?” e mergulhou a jarra no poço novamente a fim de retirar mais água. E despejou bastante no bebedouro para os camelos. Repetiu isso até que todos os camelos tivessem bebido.
O servo, todo admirado, sabia que Deus havia escolhido aquela jovem à sua frente. Encheu-se de coragem e perguntou o seu nome.
A moça alegremente respondeu: “Meu nome é Rebeca, sou a filha de Betuel, sou descendente da família de Naor.”
O servo mal podia acreditar, Naor era irmão de Abraão. A moça recebeu do servo um colar e pulseiras como presente.
Mais que depressa, o servo perguntou se poderia falar com o pai de Rebeca. Ele queria a permissão para levar Rebeca até Canaã. Ela seria a esposa de Isaque.
Com a permissão de Rebeca, o servo de Abraão foi até a casa dela, lá ele conversou e explicou tudo o que havia acontecido.
Pai e filha ouviram atentamente: ele era um servo de Abraão e havia pedido a Deus que lhe mostrasse a futura esposa de seu patrão, saque. Explicou também como Rebeca veio até ele e o ajudou no poço, dando de beber aos seus camelos e ao próprio servo.
A família de Rebeca preparou comida e ofereceu ao servo.
E ele declarou: “Gostarir. de levar Rebeca para ser a esposa de meu patrão Isaque. Preciso ir embora logo!”
Tanto o pai quanto o irmão de Rebeca perceberam que todo o acontecido era parte do plano de Deus.
Concordaram: Rebeca deveria se casar com lsaque. Perguntaram a ela se gostaria de partir e se casar com o patrão daquele servo.
Ela prontamente respondeu: ‘Irei, sim!”
O servo alegremente deu jóias de prata, ouro e vestidos a Rebeca. e também deu presentes aos familiares. Ele estava mais que satsfeito e agradecido por Deus lhe ter mostrado a mulher certa.
A família a abençoou e se despediram.
O servo, Rebeca e algumas servas dela partiram no dia seguinte, pois tinham uma grande jornada pela frente. Sobre camelos andaram e andaram por alguns dias até chegar a Canaã.
lsaque havia saído à tarde para orar no campo e, de longe, viu que o servo estava voltando e que havia uma jovem mulher com ele.
Rebeca também viu Isaque e logo perguntou ao servo: “Quem é aquele homem que vem pelo campo ao nosso encontro?”
E o rapaz respondeu: ‘Aquele moço é o meu patrão lsaue!”
Logo ela cobriu o seu rosto com o véu. Era costume naquela época! Sinal de respeito.
Os dois jovens se encontraram, conversaram bastante e se conheceram bem.
Entre saque e Rebeca nasceu um bonito amor.
Mais tarde, Deus abençoou o casamento deles. Rebeca tornou-se sua esposa e companheira.
Deus havia prometido a Abraão que de saque e Rebeca nasceriam muitos netos e netas.

Isaque e Rebeca

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *