O Anjo de Deus, Balaão e a Jumenta que falou

Os israelitas partiram para as campinas de Moabe e acamparam lá, uma regiäo além do Jordäo.
Balaque, rei de Moabe, sabia de tudo o que havia acontecido até aquele momento.
Sabia também que Deus estava com aquele povo e que vencia nas batalhas.
Além disso, o povo de Israel era numeroso.
Com muito medo, Balaque julgou por bem enviar mensageiros até Balaäo para pedir ajuda a ele.
Balaque pediu incessantemente que Balaäo, mais poderoso, viesse derrotar os israelitas.
Antes de tomada qualquer decisäo, Deus falou com Balaäo:
“Não lute contra esse povo, pois ele está sob a minha protegäo.
Assim sendo, Balaäo negou ajuda a Balaque. Mas Balaque era um homem insistente.
Mandou mais principes e nobres convencerem Balaäo.
O rei Balaque mandou presentes em ouro e prata, tudo para convencé-lo.
Balaäo ouviu a voz de Deus, durante a noite:
“Se aqueles homens vierem chamå-lo, levante-se e vá com eles.
Mas, atenção, vocé vai fazer somente o que eu disser!”
Amanheceu, e Balaäo levantou-se. Montou em sua jumenta e foi com os homens de Balaque.
Deus mandou um anjo se colocar no caminho de Balaäo.
A jumenta viu o anjo com uma espada na mäo e desviou.
Balaäo, sem entender, batia muito no pobre animal.
E assim aconteceu mais duas vezes. Balaäo, furioso como nunca, batia nela com força.
Entäo, Deus, com seu poder, fez com que a jumenta falasse:
“O que fiz a vocé, Balaäo?
Por que vocé jå me espancou trés vezes hoje?”
Confuso, e mal acreditando que sua jumenta falava, respondeu:
“Se eu tivesse uma espada comigo, acabaria com vocé agora mesmo!”
“Mas, Balaäo, näo tenho sempre sido uma ótima jumenta para vocé cavalgar?
Aguma vez na Vida fiz algo semelhante ao que fiz hoje, desviando do caminho pelo qual vocé queria ir?”
E, de repente, Balaäo viu a causa de tudo. Viu o anjo e em sua mäo a espada.
Só então se deu conta de que não estava agindo como Deus queria.
Entendeu Balaão que sempre e sempre a vontade de Deus deve ser respeitada!
Nunca se deve desviar do caminho tragado por Ele!

God’s Angels: The Angel in the Path. Artwork for the illustration on p9 of Treasure no. 251.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *