Tempo da Apostasia, o Joio e o Trigo, reveja seus conceitos

A APOSTASIA não é uma hipótese nem um veticinio de algum grande pensador, nem tampouco uma fantasia de algum lunático inconsequente. Ela é bíblica e escatológica.
Quem vai apostatar? O salvo, o crente em Cristo, o redimido,o que nasceu de NOVO? Não estes estão seguros, tem os seus nomes escritos no livro da vida pelo proprio Deus e ninguem os poderá  arrebatar.
Na verdade, só irão apostatar aquêles que estiverem misturados com o povo de Deus, caminhando com o povo como se povo fôsse, ligados ao povo de Deus, em busca de interesses pessoais, emocionais, sociais, politicos, culturais, econômicos, filosóficos, familiares, etc.
Nesse caso podemJoio e trigoos afirmar que a apostasia preconizada na biblia é uma força de expressão, uma vez, que quem apostatará não será o salvo, mas aquele que se presumia salvo; não aquêle que teve uma experiência pessoal com Cristo mas aquêle que ouviu o chamado de Cristo mas não teve, em virtude dos motivos citados acima, vontade suficiente para entregar-lhe a vida.
O salvo não precisa temer o tempo da apostasia. Entretanto é conveniente “crescer na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo¨,pois já estamos vendo que serão tempos trabalhosos e dificeis já que o Joio crescerá e virá provavelmente a ser maioria. Terá voz ativa, convencerá, terá poder, inverterá os valores. Estamos em bom tempo para rever os principios e constatar em que lado estamos e se não estamos fazendo o Jogo do Joio, mesmo sem perceber.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *